Notícia

Descubra 5 motivos que mostram que não vale a pena comprar carro zero no Brasil

Impostos mais altos, manutenção mais cara e menor poder de negociação podem tornar a troca de carro menos vantajosa

Na hora de trocar de carro muitas dúvidas podem surgir. É comum que os consumidores fiquem indecisos entre investir em um modelo zero quilômetro mais básico ou um seminovo com mais opcionais. A Volanty, autotech que conecta compradores e vendedores de seminovos, dá algumas dicas que revelam o que vale mais a pena para quem quer trocar de carro.

“Um zero quilômetro deprecia entre 10% e 20% no instante em que deixa a loja. Além disso, pelo mesmo investimento, é possível comprar na Volanty um seminovo com garantia de procedência e qualidade. Uma escolha inteligente para quem busca bons carros.” explica Maurício Feldman, CEO da autotech que conecta comprador e vendedores de seminovos.

Além do preço, outros fatores também levam à conclusão de que não vale a pena comprar um carro zero. Confira!

Imposto mais alto
Além do investimento ser mais alto, os zero quilômetro têm um IPVA mais caro que os usados e seminovos, que possuem impostos relativamente menores. Por isso, na hora de comprar também vale pesquisar os custos dos impostos do modelo escolhido, o seminovo traz mais vantagens nesse quesito.

Adicionais e acessórios custam mais caro
Quando se compra um carro zero o valor do modelo básico normalmente já é mais elevado, se comparado ao seminovo. Se pensarmos em incluir algum acessório, ou os chamados adicionais, a compra será ainda mais cara. A vantagem de um seminovo é que por um valor menor, eles podem vir com muito mais adicionais que um carro zero. Na Volanty, por exemplo, é possível comprar seminovos mais completos e com 1 ano de garantia.

Manutenção
Carros exigem revisões frequentes e manutenção em dia. Por isso, a melhor escolha para a conveniência do consumidor é optar por um carro que tenha garantia, o que os leva muitas vezes a escolher um carro novo e pagar mais por isso. Na Volanty, por exemplo, é possível escolher um seminovo com padrões rígidos de inspeção além de garantia de 1 ano para mais de 70 itens, incluindo motor e câmbio.

Documentação
Quando se compra um seminovo as chances de ele já vir com o IPVA pago são muito grandes dependendo da época do ano, o que não acontece na compra do novo. Isso pode fazer uma grande diferença na economia, já que esse imposto custa entre 3% e 4% do valor do veículo.

Negociação
Em uma concessionária os valores de um carro zero não são tão negociáveis. Já quando se opta pela compra de um seminovo, por exemplo, é possível negociar um desconto se quiser pagar à vista. Também é possível negociar os valores de acordo com os opcionais que o veículo oferece. Ou seja, o poder de negociação na compra de um seminovo é maior do que de um carro zero.